Conto erótico – Eu, ele e uma amiga

lesbicas-beijo

Eu definiria Marcelo como um homem que me deixa descontrolada, sem razão e louca de tesão. Nossa relação é de amizade, sexo e carinho e temos consciência, que apesar da loucura não podemos passar disso.

Posso dizer que ele despertou em mim alguns desejos que nunca imaginei ter. O sexo a três é um deles, mas isso sempre foi só conversa, não me via colocando as mãos em outra mulher que não fosse eu mesma.

Um dia me vi trocando fotos com uma amiga, que inclusive é amiga dele também, nesses aplicativos em que a foto some em segundos, gostava mais de mandar do que receber, no fundo acho que eu gostava de imaginar o que ela achava do meu corpo, isso me deixava intrigada e curiosa e eu sempre contava pra ele sobre as fotos e o que sentia a cada uma que recebia e enviava, ele adorava tudo isso e eu adorava ver a empolgação que ele ficava. Minha imaginação ia longe e saber que ele queria muito me ver com ela, me deixava mais motivada a continuar com esse jogo.

Como nada acontece por acaso, nos encontramos em um bar, nós três, conversas engraçadas, olhares tímidos, cerveja vai e cerveja vem… Quando nos demos por conta falávamos de putaria. Nenhum de nós 3 havia feito sexo com mais de uma pessoa, então se rolasse seria algo bem legal, aprenderíamos juntos. Isso me deixava com mais vontade, o bar era perto do hotel que eu estava hospedada, não demorou muito pra conversa esquentar e Marcelo ter ideia de terminarmos a cerveja la no quarto. Sabendo da intenção dele eu comecei a ficar ansiosa e com medo. Minha amiga estava tranquila, pelo menos dava essa impressão.

Chegamos e continuamos a conversar como se nada fosse acontecer. Mas quando dou por mim, Marcelo está sentado em um banco alto, puxa nos duas pelas mãos e da um beijo na minha amiga enquanto me aperta na cintura, depois ele me beija e faz a mesma coisa nela. O clima de tesão começa a ficar intenso e nos soltamos a todo esse prazer, sem medo, sem culpa e sem pensar em mais nada que não fosse aquele momento.

Entre beijos enlouquecidos que ela dava nele, eu passava as mãos em seu peito gostoso, nos seus braços fortes, sarados e fui abaixando até chegar em seu pau que já estava latejando de tão duro, querendo sair pra fora daquela calça apertada.

imagem-de-homem-e-duas-mulheres

 

Segurei com as mãos como sempre faço e admirei aquela coisa linda, dura e grande que faz meus olhos brilharem e minha buceta pulsar de tanto de tesão. Coloquei na boca e chupei gostoso com toda vontade e tesão que ele merecia. Não demorou e minha amiga abaixou e me pediu pra eu dividir o pau com ela, ela chupava um pouco e eu um pouco, Marcelo gemia e isso me deixava mais molhada e com mais vontade de foder com eles dois.

Ainda ajoelhadas uma de frente pra outra, largamos o pau, começamos a nos beijar e fomos tirando as roupas uma da outra, logo estávamos peladinhas na frente dele que assistia tudo com os olhos brilhando.

Enquanto a gente se beijava íamos acariciando o corpo uma da outra, ela tinha os peitos durinhos não muito grande, criei coragem e comecei a chupar, as sensação é diferente porém muito gostosa. Ela retribuiu logo e confesso que ter os seios chupados por uma mulher é uma loucura.

Enquanto ela chupava meus seios foi passando a mão na minha buceta que já estava muito molhada, eu fiz a mesma coisa nela, que também estava molhadinha, na mesma sintonia enfiamos os dedos uma na outra e ficamos uns minutos assim até que eu não aguentei e gozei nos dedos dela, Marcelo que estava desesperado entrou no meio de nos duas e começou a apertar e chupar nossos peitos feito um louco e nos puxou pra cama.

Por um momento me senti perdida sem saber ao certo como iria ser, mas a sintonia era tanta que foi acontecendo de forma natural. Eu deitei e ela veio me beijar e foi descendo bem devagar, nos seios, barriga ate chegar na minha buceta que estava meladinha e pulsando, colocou a boca e isso me arrepiou toda. Entre língua e dedos eu gemia e procurava pelo Marcelo, que vi abaixado fazendo a mesma coisa nela. Eu queria logo aquele pau dentro de mim, mas sabia que antes eu ia fazer a mesma coisa nela.

Deitei ela e coloquei minha boca na sua buceta quente, enfiava os dedos, lambia e chupava. Ela retribuía com gemidos e se contorcendo, onde eu tinha certeza que estava fazendo a coisa certa. Marcelo me viu com a bunda empinada, foi atras de mim e começou a me chupar, logo enfiou o pau devagar e foi aumentando a velocidade, segurando minha bunda, apertando e batendo, eu não aguentei e parei de chupar ela, que foi do meu lado e ficou de quatro esperando pelo pau dele. Ele continuou me comendo ate eu gozar, tirou o pau de dentro de mim e colocou nela e dava estocadas fortes, gemia, gritava e batia igual fez comigo, olhar os dois fodendo era uma coisa linda de se ver… Ele disse que não aguentava mais segurar e ia gozar, pedi pra ele gozar na nossa cara e nos lambuzar com sua porra gostosa. Assim fez, ficamos de frente pra ele e gozou deliciosamente…

A gente se olhou, sorrimos e fomos tomar banho, mas aí começa uma outra história.

Conheça a galeria de contos eróticos da Birita

contos